Resenha | Atlas Ageográfico de Lugares Imaginados, de Ana Cristina Rogrigues

Atlas Ageográfico de Lugares Imaginados é um desses livros de fantasia encantador, daqueles que te faz desejar ver tudo o que os personagens estão vendo. É um mundo de cidades inimagináveis e de sentimentos humanos; de dor, de revolta, de injustiça e egoísmo.

A hipocrisia da sociedade e o livro O Grande Gatsby, de F. Scott Fitzgerald

O Grande Gatsby é um daqueles livros complexos em sua simplicidade. É interessante o quanto a essa narrativa direta e ágil do autor pode enganar o leitor, levando à crença de que tudo é "cru" e muito fácil de entender. Ledo engano. O risco é você avançar por toda a história rapidamente seguindo o ritmo rápido do autor, sem parar para prestar atenção nas entrelinhas.

Resenha | A ilha do tesouro (Robert Louis Stevenson)

Sabe aqueles livros que, independente de sua idade, sempre trazem um sabor gostoso de infância? A Ilha do Tesouro, do Robert Louis Stevenson, é um desses, mesmo para aqueles que não tiveram um hábito de leitura tão grande assim enquanto criança. Cheio de ação, perigos e um protagonista cativante, não há muito como não gostar desse clássico da literatura.

Resenha | Calafrio (Maggie Stiefvater)

Nota: ⭐⭐⭐⭐ Fui uma dessas adolescentes esquisitas que não conseguiam se enxergar (nem ver beleza) em romances como o de Crepúsculo e companhia; e até hoje eu olho para alguns tipos de livros e só consigo pensar "olha, estou velha demais para isso". Porém, um dos livros do gênero conseguiu fisgar minha atenção e, sim, … Continue lendo Resenha | Calafrio (Maggie Stiefvater)