Editora: Galera Record
Páginas: 224
Minha classificação: 5/5 (favorito!)

Sinopse: Com uma certa atmosfera de Um dia, mas voltado para o público jovem adulto, A probabilidade estatística do amor à primeira vista é uma história romântica, capaz de conquistar fãs de todas as idades. Quem imaginaria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém? Mas é exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que se senta a seu lado na viagem para Londres. Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. Passada em apenas 24 horas, a história de Oliver e Hadley mostra que o amor, diferentemente das bagagens, jamais se extravia.


Resenha 

O livro conta a história de Hadley, que não queria ir ao casamento do pai em Londres, e por causa de quatro minutos de atraso ela perde o voo e tem que esperar o seguinte. Fora que ela irá chegar em cima da hora para o casamento. E é por causa dos seus quatro minutos de atraso que ela conhece o Oliver, um britânico que se demonstra bem gentil, e que se senta ao seu lado durante o voo para Londres.
Depois que os pais da Hadley se separam, o convívio dela com o pai diminuiu bastante. E no livro podemos ver que ela ainda se sente chateada pela separação dos pais, e não consegue entender como ele pode estar tão feliz e se casando novamente. Mas, depois que ela abriu o coração para o pai, eu achei que ela não entendia que o pai, continuaria sendo o seu pai, sem importar as circunstâncias. Confesso que, durante a última conversa dela com o pai me emocionei bastante. A Jennifer conseguiu tocar meu coração.
Ah, e o Oliver? É um fofo! E eles conversam sobre várias coisas, mas a Hadley acha que ele não está contando muito bem o que está indo fazer em Londres (e não está mesmo!). E com eles podemos ver que o tempo é sim, muito relativo, e que o amor pode acontecer em 24 horas! Eu sou muito pé no chão, mas se tem uma coisa que eu acredito, é que o amor pode acontecer em qualquer lugar, e que o tempo/circunstância não influencia em nada, n-a-d-a.
Esse é mais um daqueles livros que ganha o meu coração de um jeito, que nem sei explicar. E além do mais, a história é tão simples e sem aquela loucura toda para o casal ficar junto. E o livro se passa em um só dia. Eu nunca tinha lido nada assim. E a escrita da autora é tão boa que li em apenas um dia.
E que título gigante hein? risos. E amei essa capa!
Super indico a leitura! ;D

7 comentários em “Resenha | A probabilidade estatística do amor à primeira vista, de Jennifer E. Smith

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s