Editora: Bertrand Brasil

Páginas: 602
Nota: 5 (de 5)

Sinopse: Anna Walsh é um desastre ambulante. Ferida fisicamente e emocionalmente destruída, ela passa os dias deitada no sofá da casa de seus pais em Dublin com uma ideia fixa na cabeça: voltar para Nova York.
Nova York é onde estão seus melhores amigos, é onde fica o Melhor Emprego do Mundo®, que lhe dá acesso a uma quantidade estonteante de produtos de beleza, mas também, e acima de tudo, é a cidade que representa Aidan, seu marido.
Só que nada na vida dela é simples…
Sua volta para Manhattan se torna complicada não só por conta de suas cicatrizes físicas e emocionais, mas também porque Aidan parece ter desaparecido.
Será que é hora de Anna tocar sua vida pra frente? Será que ela vai conseguir (tocar a gente sabe que sim; o negócio é pra frente)?
Uma série de desencontros, uma revelação estarrecedora, dois recém-nascidos e um casamento muito esquisito talvez ajudem Anna a encontrar algumas respostas. E talvez transformem sua vida… para sempre.


Resenha

Gente, só uma curiosidade: por que os livros de algumas editoras são tão caros? E além disso, as folhas são brancas e de capa simples? Me pergunto isso, porque esse livro foi caro e as folhas são brancas e a capa é simples. Sério, não entendo! hahaha :/

Enfim, esse é o terceiro livro que leio da Marian Keyes, e gostei tanto desse quanto gostei dos outros. Ela tem uma narrativa tão boa que te faz grudar no livro e só querer largar quando ele acaba. E os personagens são sempre muito bem descritos.
Esse livro faz parte da série intitulada Família Walsh, mas não é necessário ler na sequência, pois cada livro conta a história individual de uma irmã Walsh. 
E nesse livro temos a história de Anna Walsh, que tem o melhor emprego do mundo, mora em Nova York e também tem Aidan. Anna está na casa de seus pais em Dublin e está ferida emocionalmente e fisicamente, e o que ela mais quer é voltar para Nova York. 
Quando ela volta para Nova York ela tenta colocar sua vida no eixo, mas sem Aidan é muito difícil. A pergunta que eu fiz em grande parte do livro foi: onde está Aidan? Anna liga, manda e-mails, mas não dá em nada… Nem um sinal de Aidan. Parei aqui, porque se eu falar mais, falo spoiler. O que aconteceu com Ainda é o que dá todo o desenrolar da história.
O livro apesar de ter um toque de drama também é bastante divertido. Impossível não amar a família Walsh, e morrer de rir com eles. Ele também trata de temas como a perda e a dificuldade em aceitá-la. 
Ah, o final. É muito lindo. Gostei muito! ❤
Recomendo a leitura!
Quem já leu?
Até a próxima. :*

15 comentários em “Resenha | Tem alguém aí? (Marian Keyes)

  1. Olá! Eu amei esse livro! Tanto que surtei pra ler qualquer outro dela. Só que o meu escolhido foi ” A estrela mais brilhante do céu”, e eu não gostei. Ainda quero ler outro (s) livros dela e espero não me decepcionar.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s