Saudações!
          Ufa! Essa resenha quase não sai, mas, enfim, cá está ela! ❤ Mais um livro nacional para vocês, gente. Aguardo a opinião de quem não leu, ou quer ler, nos comentários!

Autor: Ricardo Ragazzo
Editora Novo Século
256 páginas
Skoob
Nota 9.0

Sinopse: Quatro anos após o desaparecimento da filha e a misteriosa morte da esposa, Johnny Falco recebe uma pista que pode ajudá-lo a desvendar o caso. Um homem aparece morto com as mesmas características inexplicáveis de sua mulher: O CORPO NÃO PASSA DE UM ESQUELETO COM PELE. Seis anos após ter 80% do seu corpo queimado em um atentado, Lisa Gomez acorda em um hospital com uma incontestável diferença: TODAS AS CICATRIZES DE SEU CORPO DESAPARECERAM! E quando o destino dos dois se cruzarem na pequena cidade de Valparaíso, ambos descobrirão que as tragédias que cercam suas vidas estão muito mais interligadas do que poderiam imaginar.

Passar para o papel essa resenha foi uma tarefa muito mais complexa do que eu imaginava que seria, logo no início de minha leitura. O autor chegou meio despretensioso, com uma narrativa leve que dirige o leitor em uma leitura rápida e cheia de mistérios. O que esperar de A Garota das Cicatrizes de Fogo? Não espere nada, pois, com certeza, o autor te surpreenderá.
Imagine que sua esposa de repente aparece morta, só pele e osso no chão de sua sala de estar. E imagine que sua filha foi levada por essa mesma pessoa, se é que é um ser humano mesmo, que matou sua mulher. Imaginar que 80% de seu corpo foi queimado, e de repente suas cicatrizes desapareceram, sem mais nem menos, talvez seja um pouco mais difícil. Mas essas são as histórias de dois dos personagens do livro e, acredite, elas têm tudo a ver com a outra, mesmo acontecendo em cidades completamente diferentes. Johnny Falco, o dono da primeira história, sonha em reencontrar a filha e descobrir o que diabos aconteceu com a sua mulher. Já Lisa é apenas uma adolescente que deseja ser igual a todas as outras, depois de anos de sofrimento por causa de suas cicatrizes horríveis, que cobrem todo seu corpo, ela se vê livre e não se importa em desvendar o mistério ao redor do desaparecimento de suas cicatrizes. O encontro dessas duas personagens revelará um quebra-cabeça muito maior do que você imagina. E para uni-los não foi tão difícil assim. O aparecimento de 3 corpos encontrados de maneira idêntica à falecida mulher de Johnny Falco, levou o homem à procura de respostas na pequena cidade de Valparaíso.
O livro é contado a partir de diversos pontos de vistas, do início ao fim. A escrita do autor flui de maneira muito legal, mas não me agradou de um todo. Porém, suas personagens me fizeram completamente apaixonada. A minha preferida, com certeza, foi Johnny Falco. O homem, que é uma das protagonistas de todo o enredo, não faz feio através de sua narrativa em 1ª pessoa. Cativante e engraçado, no final, talvez seja uma das personagens mais sombrias. Talvez por isso ele soe paranoico em alguns momentos, e seja um pouco difícil entender o que ele está passando até que chegamos próximos ao fim do livro. Ele está disposto a tudo, qualquer que seja a coisa, que o leve à sua pequena filha, e Lisa é uma das portas misteriosas que se abre no caminho de Johnny. Descobrir o que aconteceu com ela e com seu novo namorado, o estranho Alex, mostrará a solução de todos os estranhos acontecimentos que acometeram a vida de Johnny e dos moradores daquela pequenina cidade. Mas à que custo? Será que vale a pena? Johnny Falco aposta que sim.
Todas as personagens são muito bem costuradas, desde o cara que perdeu o emprego no início do livro, até as diversas outras que vão entrando no caminho de Johnny e Lisa. Todos eles têm uma pequena chave, que vai deixando o livro mais misterioso. De fato, este não é um livro de respostas. Não espere chegar no meio do livro já sacando tudo que está acontecendo, porque isso, de fato, não ocorre. Não sei exatamente se este é um ponto positivo ou negativo, mas todo o mistério é revelado quase num fôlego só, próximo às últimas páginas. A leitura é intensa e frenética. Eu não imaginava que o autor conseguiria a façanha de revelar tudo tão rapidamente sem deixar pontas soltas, mas acabei me surpreendendo. Palmas ao autor e ao Johnny Falco, pois, depois de tanta luta, conseguiu desvendar tudo!
Acredito que a parte que me soou menos convincente tenha sido o romance entre Lisa e Alex. Desde o início, tudo me pareceu muito estranho. Lisa, no fundo, não era aquela garota que desejava tanto ser na escola, uma patricinha inveterada. A sua inocência misturada à vida turbulenta de Alex não pareciam casar direito, principalmente porque Alex perdeu sua memória e de nada lembra. A desconfiança toda rola ao redor deste garoto, a partir do momento que ele parece ter sido o causador da morte do “ex-namorado” (eles ficaram por um dia, será que conta? Hahaha) de Lisa. A morte bizarra aconteceu da mesma maneira que parece ter acontecido com a falecida esposa de Johnny. Em poucos minutos, o corpo de um estudante esportista forte e bonito se transformou em nada mais que pele e osso, sem carne, sangue ou órgãos. Nem preciso dizer que a principal pista de todo o mistério, então, se resume à um único nome: Alex. 
Revelar mais do livro talvez tire o sabor gostoso das surpresas que ele tem a trazer. O livro não foi dos mais intensos que li, mesmo nas cenas mais dramáticas, mas tem seu charme. Os comentários sarcásticos de Johnny talvez tenha sido o que me fez completamente apaixonada pela personagem de sangue quente e coração endurecido pelas desavenças da vida. Se recomendo o livro? Essa pergunta é muito fácil de responder. Se você está em busca de um bom mistério, com toques de romance, drama e fantasia, A Garota das Cicatrizes de Fogo é uma leitura obrigatória para você. Leia e se apaixone da mesma forma que eu me apaixonei pelas histórias de cada uma das personagens, tão únicas e tão elas.

8 comentários em “Resenha | A Garota das Cicatrizes de Fogo (Ricardo Ragazzo)

  1. Letícia aqui o/

    Uow *0* Amei a resenha!!! Sério mesmo… comecei no ramo de resenhista agora, e com certeza você será um excelentíssimo modelo – se me permitir claro! rs 😛
    Espero ter a oportunidade de voltar aqui e compartilhar contigo essa paixão pelo livros! haha Ainda não o li, mas depois dessa, ele está com certeza na lista de “Vou ler” 😉
    Obrigada pela atenciosa indicação! *———*

    Bjokas :*
    Diário dos Treze

    Curtir

  2. Oooiee! \o
    Claro que darei uma olhada em sua resenha! Ainda bem que não fui a única a achar o romance dos dois estranho hahahahahha Bota surreal nisso!!

    Obrigada pelo comentário e volte sempre ^.^'
    Beiijosss

    Curtir

  3. Yooo! :3
    Ahhhh que fofa *-* Que bom que gostou da resenha! Onde encontro suas resenhas já feitas?
    Também aguardo o seu retorno!
    Já sigo o blog que você participa há algum tempo, mas faz tempo que não entro lá haha Estva sem tempo… Vou fazer uma visita!

    Espero que goste do livro, se ler!
    Beijos :3

    Curtir

  4. Que ótimo saber que você gostou do livro! O Ragazzo é um dos meus autores nacionais favoritos, por isso é sempre bom ver resenhas positivas como a sua, tão bem escrita, por sinal. Pra falar a verdade, a única coisa que espero é ser presentado com uma nova história do Falco, afinal, achei um personagem fantástico.
    Muito obrigado por sua participação no book tour. Foi um prazer enorme. 😀

    Beijos,
    Ricardo – http://www.overshockblog.com.br

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s