Saudações!

                Quem ai quer mais uma comédia romântica? O Diário Otaku de hoje vai agradar principalmente as meninas, haha!
Gênero: Romance, sci-fy, comédia, drama
Episódios: 12 
Lançamento: 2012

Sinopse:  Um grupo de amigos decide gravar um filme, enquanto estão de férias. Enquanto eles gravam o filme, eles vão aprendendo mais sobre o mundo do cinema e conhecendo melhor tanto os amigos que estão ali, quanto eles mesmos. O que começa como uma forma simples de evitar o mau humor do verão, rapidamente se transforma em algo muito mais complexo, intimidador e revelador. Mas, há algo misterioso por traz de tudo isso.





O que acontece quando dois conhecidos nomes do universo otaku decidem se unir para produzir um único anime? Se você é fã da comédia romântica Toradora e chorou com AnoHana, ambos criados por Tatsuyuki Nagai, mas também curtiu a história de Onegai Teacher com o seu casal humano-alien cativante, de Yousuke Kuroda, agora pode ver um pouco dos universos dos dois criadores numa única série animada! Ano Natsu de Matteru veio como uma mistura de personalidades dos seus autores, unindo a ficção cientifica e drama à comédia romântica; sem, no entanto, chegar ao ápice que já foi alcançado por seus autores em suas séries originais.
                Tudo começa quando Kaito e seus amigos decidem pôr em ação o plano de filmarem um filme durante as férias de verão e, bem por acaso, chamam a garota nova na escola para participar também. Essa é a Ichika Takatsuki, uma jovem muito bonita e misteriosa, que diz ter vindo do exterior para estudar no Japão. Quando Kaito descobre que a jovem não tem onde morar (o que por si só já deveria ser estranho, não acha?), convida a ruiva para ir passar algum tempo na casa dele, já que ele estará sozinho por umas semanas. E ai começa o verão, entre as filmagens de um filme sem roteiro definido, divertindo e unindo ainda mais aqueles 6 amigos, contando com o Kaito e Ichika. Porém, o que Kaito e seus conterrâneos não imaginavam é que a Ichika, que se dizia estrangeira, morava num lugar mais longe do que imaginavam… um lugar, tipo, há anos-luz de distância da Terra.
                Durante as filmagens realizadas pelas personagens do anime, rola muita intriga amorosa, enquanto o próprio Kaito se sente cada vez mais atraído pela Ichika.  Desde o inicio é muito (não tem nem como ter dúvidas) visível que Kaito e Ichika acabarão ficando juntos… o que não sabemos é as consequências que isso pode trazer. Puxando a ideia de Onegai Teacher, é fofo e, ao mesmo tempo, estranho pensar num romance entre humano e alienígena. Porém, esse não é o único agravante: uma amiga de infância do Kaitou, que também está participando das filmagens, é perdidamente apaixonada por ele. E, como se não pudesse piorar, um amigo do Kaitou é apaixonado pela amiga de infância do mesmo… E outra das amigas do protagonista é apaixonada pelo amigo do primeiro. Entendeu? Não? Nem tente entender, porque as vezes até eu me perco nessa figura geométrica amorosa! 

                Apesar de não ser o ápice de nada, o anime consegue englobar bem cenas de comédia, romance e sci-fy. Por isso mesmo, fico até um pouco impressionada do anime ser tão apagado… Lançado no inicio do ano passado, a verdade é que só ouvi falar dele por agora, recomendado por um blog especializado em animes de romance. Porém, acho que ele vale a pena de ser assistido! Apesar de não ser o top do drama e choro, como AnoHana, nem o ápice da comédia romântica ou ainda do sci-fy, como Toradora e Onegai Teacher, a obra é bem agradável e consegue fazer os mais sensíveis chorarem no final.  E que final! Quase que morro com ele… Recomendo que, caso você assista o anime, não chegue ao fim do último episódio desesperado; aguarde até os últimos segundos (últimos mesmo!) para entender.
                Enfim, recomendo o anime. Além de ser leve e bem-humorado, é curtinho. Digo que ele não teve nada de muito intenso, mas soube dosar as coisas na medida certa. Apesar de ser suspeita para falar, achei a história de amor entre Kaitou e Ichika bem fofinha! (Me gusta histórias de amor entre humanos e aliens, haha). Quem assistir, ou já assistiu, não esquece de dizer o que achou nos comentários!
Nota: 8.0

(Pensando um pouco, eu fico imaginando o que os autores estavam planejando quando fizeram isso… pareceu como um tipo de auto-plagiamento múltiplo, haha.)

13 comentários em “Diário Otaku | Ano Natsu de Matteru

  1. Arine-san, esses animes são a sua cara. Quando vejo algo assim em outros blogs só me lembro do Vício em Páginas.
    haha

    Você expôs o conteúdo do anime e os seus pontos de vista de maneira muito agradável de ler.

    Parabéns pelo post, não sou fã do gênero, mas ficou excelente.

    Beijos!!!

    Curtir

  2. Oi, Nai (:
    Animes fofos *o*
    Vc sabe que eu nao sou de ver animes, mas esse até parece legal >< Gostei dessa loucura de quem é de quem rs
    Eu já perdi essa fase de ver desenho/anime, infelizmente. Mas claro que adorava quando criança, principalmente Buck *o*
    Beijos ❤

    Curtir

  3. Nao sou muito fã de anime…
    DEsde pequena q eu gosto de desenhos, mas nao desse estilo.. raramente assisto algum..
    Achei o enredo bacana, mas é bem provavel q eu nao confira.. =/

    bjs

    Curtir

  4. Geralmente os produtos oriundos dessas parcerias entre ótimos criadores não chegam a empolgar tanto quanto seus trabalhos individuais. Mesmo assim, acho que sempre vale a pena dar uma chance a eles.
    Achei bem interessante esse, mesmo com essa figura geométrica amorosa complicada e indecifrável. Rsrsrs

    @_Dom_Dom

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s