Titulo original: Heaven Can Wait
Autor(a): Cally Taylor
Editora: Bertrand Brasil / Record
Classificação: 
Sinopse: Lucy Brown está prestes a se casar com o homem dos seus sonhos. Contudo, na véspera da cerimônia, ela sofre um acidente fatal. Agora ela terá que escolher: aceitar uma vida inteira longe de sua alma gêmea e ir para o céu, ou ficar com seu amor, sob a forma de fantasma. Vencedora de diversos prêmios, esse é o romance de estreia de Cally Taylor.

Lucy Brown está super animada para o seu casamento com Dan, que é a sua alma gêmea. Tudo estava pronto para a festa, mas um dia antes do casamento Lucy morre. É, isso ai, um dia antes… Já pensou que azar? Depois de morre ela vai para o limbo, onde encontra o São Bob e ele explica o que aconteceu. Mas tudo o que Lucy queria era voltar para Dan, se casar e ser feliz com ele, então, São Bob diz que ela pode voltar, mas em forma de fantasma, se ela conseguir cumprir uma missão dada por ele.

Lucy, decidida a fazer qualquer coisa para ver Dan novamente, aceita essa sua missão, que é: em 21 dias Lucy tem de fazer um estranho encontrar sua alma gêmea. Caso ela falhe, terá que ir para o céu, mas se completar a missão poderá escolher ficar com Dan. Nessa aventura ela conhece mais dois “aspirantes a fantasmas” Brien, um apaixonado por trens, e Claire, uma gótica pirada.

Envolvi o rosto dele em minhas mãos e o beijei de volta. Achei que a vida não podia ficar mais perfeita. Eu tinha razão, não podia…

Para ser sincera, não gostei da capa, sei lá, acho que é porque gosto mais de coisas escurar e “sombrias”, mas é como diz o ditado: não julgue um livro pela capa. E eu me arrependi por ter tirado as minhas conclusões precipitadas. Mas eu ganhei ele de presente, e a curiosidade é maior que o preconceito, rs.  Me apaixonei à Primeiro Capitulo, e o interesse foi aumentando a cada pagina. Quando Lucy descobre a sua missão (encontrar um amor para uma pessoa em 21 dias, para um cara completamente estranho, Archibald. Para encontrá-lo Lucy começa a trabalhar em uma companhia de informática fingindo que é uma web designer. Chegando lá, ela encontra um geek, baixinho, desleixado que adora falar sobre computadores e filmes de ficção científica, imagine achar alguém para ele, haha!). E meu Deus, quase morro de aflição quando ele se diz apaixonado por Lucy.

No meio de toda essa confusão, Lucy ainda tem a noticia de que uma de suas melhores amigas (que amiga eem? –‘), está querendo consolar o Dan. E ela não pode fazer nada, porque se ela tentar falar com alguém que conhecia ela enquanto viva, sua voz não sai, e a sua aparência é diferente para a pessoa. Mas enfim, a historia é viciante, e o final é emocionante. Eu adorei o livro, e me livrei um pouco do meu preconceito com as capas coloridas da vida, haha.

5 comentários em “Resenha | O céu vai ter que esperar

  1. Ah, gostei, quero ler *-* ao contrário de você amei a capa, exatamente por ser coloridinha e pá, já enjoei dessas capas mais sombrias que a pouco ainda eram minhas preferidas. Quando li que o geek se diz apaixonado por ela morri de curiosidade para ler, preciso!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s